o ovo da serpente – atropelamentos, racismo, homofobia…

março 11, 2013 § Deixe um comentário

Sem mais…

as bicicletas

quanto adolf eichman foi julgado em jerusalém, pelo poder judiciário israelense, por seus crimes de guerra, hannah arendt cobriu o julgamento e cunhou a expressão “banalidade do mal”.

a sociedade israelense da época via em eichmann um monstro, arendt viu nele um burocrata eficiente, que com zelo efetuava com sucesso as ações nefastas determinadas por seus superiores. eichamann apenas perseguia metas, com fazem executivos em empresas… mas a morte pode ser meta empresarial? se a morte é banal, aí sim…

o ciclista e o pedestre estão banalizados como coisas no trânsito das cidades brasileiras. como cones de sinalização, que podem ser derrubados sem maiores danos para o carro.

Ver o post original 1.326 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento o ovo da serpente – atropelamentos, racismo, homofobia… no Shauan de Bicicleta.

Meta

%d blogueiros gostam disto: