5° Dia Cicloviagem #ciclosonoro

janeiro 11, 2013 § 1 comentário

Pois é gente boa, chegamos ao final da Cicloviagem…

Isso mesmo, reduzimos a viagem em um dia, assumimos alguns riscos, poucos, mas estamos aqui em Sertãozinho, já instalados na casa do meu tio Solon, banhado e feliz da vida.

Chegamos hoje, por volta das 15h00 na cidade de Cravinhos, pra chegar nesta cidade encaramos a famosa serra de Santa Rita do Passa Quatro que tanta gente já havia nos alertado, realmente foi bem difícil, não tão íngreme, mas simplesmente sem fim…kkkk

Quase chegando em Cravinhos o céu ao longe mostrava uma chuva imensa se formando, por sorte estávamos próximos a um posto de gasolina meio abandonado, embora a lanchonete estivesse funcionando.

Paramos neste posto e a chuva realmente desabou, cheguei a dormir no chão do posto, o Ian tem uma foto bem estranha desta cena kkk.

A chuva se foi e nós seguimos à diante, pedalando como se não houvesse o amanhã, como diz Ian… mas..
chegando em Cravinhos lá vem ela de novo, uma mega chuva, a chuva caia como se não houvesse o amanhã rs rs rs

Nos molhamos muito, mas foi revigorante também, apesar da apreensão por saber se as capas de chuva iriam funcionar e deixar nossa roupa seca.

Finalmente chegamos a Cravinhos, sorrisos, gritos de comemoração na estrada e afins… nos dirigimos ao centro da cidade, procuramos onde almoçar, uma comida por kilo maravilhosa, o Ian fez um prato inacreditável, bife na rampa total, gastou mais neste prato do que na última pousada kkkk.

Almoçamos e fomos atrás de encontrar dois contatos que tínhamos para esta cidade, o primeiro contato era o telefone celular de um músico da cidade, o número não era do cara, desistimos.

O segundo contato era com a Secretária de Cultura de Cravinhos, ela talvez indicasse algo, talvez até nos colocasse em algum lugar ainda que em nossa barraca, bastava arrumar um quintal qualquer e um banho.. mas nada… achou legal a viagem mas indicou o hotel das cidade, um hotel que é acostumado a receber viajantes do Caminho da Fé, eu nem tinha me atentado a esta cidade estar na rota do Caminho da Fé.

E tanto é que na cidade existem muitas das setas amarelas tradicionais dos caminhos de peregrinação.

Lá fomos nós, felizes e alimentados para o Hotel Girassol, mas não havia vagas, nenhuma, o cara nos atendeu bem, mas não conseguiria nada para que pudéssemos dormir.

Conseguimos o telefone de outro Hotel, a última esperança para esta cidade, ligamos e tinha vaga sim, mas era bem caro e bem longe do centro da cidade.

Ian olhou pra mim e disse (como se não houvesse amanhã..kk): Vamos para Sertãozinho… Agora…..

Analisamos o tempo, não havia mais chuva e nem sol escaldante, apenas uma brisa boa e geladinha juntamente com o mormaço habitual.

Analisamos o horário, eram 16h, ou seja, teríamos cerca de 4 horas de pedal antes de anoitecer, um bom período.

Analisamos a distância faltante: cerca de 42 quilómetros, ou seja, na média de 10Km/hora a gente conseguiria chegar no início do anoitecer… gritamos, gravamos um video contando a mudança de rumo e seguimos para Sertãozinho.

Tomamos mais uma chuva forte no caminho, sofremos muito para avançar no trevo de Ribeirão Preto, devido ao intenso volume de carros indo para todas as cidades da região e seguimos.

De Cravinhos a Ribeirão foi maneiro, muita decida, muita mesmo, deu pra ganhar muito tempo, ou seja, chegaremos antes do esperado…

Já de Ribeirão até Sertãozinho não foi tão descida assim, mas foi bem… e chegamos… foi muito emocionante…

Eu não contei em nenhum post, pra não preocupar ninguém, mas eu pedalei o caminho todo com um raio da roda trazeira quebrado, desencaixado na verdade, preso com uma fita isolante, mas foi bem.. e chegando em Sertãozinho, nos últimos 15 km, mais ou menos, quebrou outro, ou seja, a roda tá desalinhada, tortinha tadinha..rsrs mas chegamos..

Amanhã vou procurar uma bicicletaria para consertar isso.

Estamos aqui, já passei próximo de alguns pontos que eu sempre andava, como uma das escolas que estudei e uma das casa que morei… parei na praça principal e paramos pra tomar um mega maravilhoso suco de açaí e um sanduba…

Liguei pra meu tio, que nos escoltou e indicou o caminho de carro.. colocamos as mochilas no carro pra aliviar um pouco e fizemos um pedal noturno aqui em Sertãozinho, rumo à nossa casa pelas próximas 3 noites….

Comemos pizza, rimos, e estou aqui postando, enquanto Ian capota lá no quarto hehe.

No caminho, já na cidade encontramos um ciclista, o Sr Paulo do Boi Gordo que nos falou do Caminho da Fé e falou do movimento de ciclistas na cidade, depois encontramos um outro ciclista com a família na praça central, que ficou bem animado com nossa viagem… foi muito legal o papo.

Agora estou ansioso pra pedalar por aqui, revendo os locais, mas já notei que tudo cresceu e mudou bastante, embora tenham lugares que estão iguais, o que gera mais ainda o sentimento de nostalgia da viagem, ao menos pra mim.

Ian está curtindo me ver curtindo cada pedacinho da cidade e contando histórias… genial…

Contarei mais depois sobre os passeios aqui e tudo… provavelmente pegaremos o ônibus de volta na segunda-feira pela manhã….

Vou dormir, com a alma lavada, feliz igual a uma criancinha e cansado mas tranquilo, sem dores e nada errado.

Bati meu record pessoal de quilometragem em um só dia, foram cerca de 120Km, depois passo os números mais precisos.

Obrigado a todos vocês que acompanharam e direcionaram pensamentos positivos a estes dois viajantes.

Obrigado a todos que nos acolheram durante a viagem e obrigado ao Tio Solon, Tia Sônia e a pequena e linda Manuela que nos receberam maravilhosamente aqui em Sertão.

A viagem chega ao fim, mas as ideias e reflexões que o caminho gerou apenas começaram.

Beijos a todos.

Tatão te amo demais.. a saudade tá apertada…

Termino com a frase do Ian que me fez rachar de rir enquanto estávamos em Cravinhos e não tínhamos onde ficar;

Ian, inspirado pelo Chapolin gritava: “MAS AGORA QUEM PODERÁ NOS RECEBEEEERRRR…..” kkk

As fotos publicarei depois, não estou conseguindo transferir para o computador do meu tio agora.

Beijos

Shauan

Anúncios

§ Uma Resposta para 5° Dia Cicloviagem #ciclosonoro

  • Paulinho Straiotto. disse:

    Ai sim !!!! Parabéns, vcs são demais. Estou orgulhoso pelo feito de vcs e por fazer parte do MUSICLISTAS ( pena q ñ pude ir ), vou intensificar meu treinamento para poder acompanhá-los na próxima rsrsrs Qdo chegarem d volta terão muito o q contar e seremos todo ouvidos rsrs
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento 5° Dia Cicloviagem #ciclosonoro no Shauan de Bicicleta.

Meta

%d blogueiros gostam disto: